Arquivo | Festival São Paulo RSS feed for this section

Atualize-se e confira a programação completa do Festival.

14 dez

Os dias de IV Congresso Fora do Eixo as dinâmicas estão mais intensivas e práticas, a sede de conhecimentos e inicia logo nas primeiras horas da manhã, na Cidade Universitária. Dando do continuidade as Conversas Infinitas, os grupos de discussão fomentam cada vez mais o compartilhamento de ideia. As reuniões seguem os mesmos moldes, em formato de círculos espalhados por todo o complexo do Paço das Artes, as pautas são diversas como os encontros da Abrafin – Associação Brasileira de Festivais Independentes; Rádio livre e web-rádio, Produção e sonorização musical; Descolarização; Seminários da Música, que debate a circulação, distribuição, e a comercialização da cultura musical na atualidade dentro da proposta de horizontalidade como auto-gestão, e bandas cada vez mais independentes que é o circuito cultural Fora do Eixo.

O Festival Fora do Eixo também segue intenso, o #CedoeSentado, festa que acontece as terças-feiras no StudioSP Augusta em parceria com a Casa Fora do Eixo, foi anfitriã da segunda noite de Festival. A noite iniciou por volta das 22h com as atrações Cérebro Eletrônico (SP), apresentando seu disco “Deus e o Diabo no Liquidificador” consolidando o seu estilo de rock alternativo com referências tropicalistas, já na linha do rock britanico a Pública (RS) deu um show de estilo e originalidade. A festa lotou a casa de congressistas que esquentaram a pista de dança ao som do Dj Barata e sua mistura de ritmos, priorizando o funk e o soul, uma quimica perfeita. O encerramento ficou por conta do powertrio Macaco Bong (MS) que além das quase duas horas de sonzeira e quatro músicas inéditas do próximo album, contou com um show a parte de Bruno Kayapy e sua guitarrada elétrica.
Na quarta a festa desta vez é no bar Grazie a Dio, nas próximidades de Vila Madalena, seguindo com a idéia da Não-Grade o Festival Fora do Eixo, acontece em oito lugares diferente de São Paulo. A festa recebeu diversos convidados e a diversão ficou por conta de bandas de peso para agitar mais a noite de festival: Zinho Trindade, Mc da Capital Paulista, conhecido pela sua grande facilidade em improvisação, acompanhado de sua banda, “O Legado de Solano” seguindo uma linha contemporânea com a tradição da musica regional e da cultura popular dita de raiz e folclórica. Dj Haru e seu som contagiante animou as pista nos intervalos entre as bandas LoUngetude46, Vaudeville (RS), e a banda marcada pelo ecletismo sonoro, Casa di Caboclo.

A programação do festival segue durante a semana, com bandas independentes e djs criando um ambiente animado e descontraído para receber os participantes do IV Congresso Fora do Eixo.

Serviço:

15/12 – Quinta-feira
Espaço Urucum – 23h
Rua Cardeal Arcoverde, 1598 – Vila Madalena
Atrações: Semente de Vulcão (PE),Linha Dura (MT), DJ Mok (SP).
Entrada Gratuita

16/12 – Sexta-feira
Paço das Artes – 21h
Av. Universidade, 1 – USP
Atrações: Vandaluz (MG), Bandinha di da dó (RS), Liss (SC), DJ Big Bross (BA).
Entrada Gratuita

17/12 – Sábado
Centro Cultural Rio Verde – 23h
Rua Belmiro Braga, 119 – Pinheiros
Atrações: Vitor Santana + Marcos Suzano, Vitoriano (CE), Vejaluz (SP), Discotecagem Radiofônica Independência ou Marte (SP).
Entrada Gratuita

18/12 – Domingo
Casa Fora do Eixo São Paulo – 13h
Rua Scuvero, 282 – Liberdade
Atrações: Projota (SP), Aeromoças e Tenistas Russas (SP), My Midi Valentine (AL), Ambulantes (SP), Bicicletas de Atalaia (SP), Visitantes (SP), Hazamat (PB), DJ Niggas (SP).
Entrada com nome na lista: contato@foradoeixo.org.br

Anúncios

Festival Fora do Eixo – especial #DomingoNaCasa

11 dez

Amanhã será um dia especial na Casa Fora do Eixo SP, Rua Scuvero, 282 – Liberdade. Com mais uma edição do projeto #DomingoNaCasa começa oficialmente o IV Congresso Fora do Eixo e o 3º Festival Fora do Eixo, que acontecem paralelos durante toda a semana, até o próximo domingo (18).

Para esta edição do #DomingoNaCasa foram selecionadas a dedos bandas representantes de todo o país. Abrindo os trabalhos na Casa Fora do Eixo São Paulo, teremos o DJ Luiz Valente com um set recheado de músicas brasileiras e suingue. Em seguida, o palco será ocupado pelas rondonienses Beradelia & In’água, banda que mistura sonoridades diferentes, com ritmos regionais à pegadas de rock, reggae e até de rap. Logo depois vêm, de Santa Catarina, Os Skrotes com sua mistura de muitos estilos executados com muita técnica e Da Caverna, com um legítimo rock’n roll catarinense.

Os próximos são os paulistanos da Hierofante Púrpura adubando o rock capenga, bunda mole e sem muitos nutrientes com maestria e personalidade, abraçando um experimentalismo poético e instrumental. Na sequência,  o som do carioca Lê Almeida, com guitarras fuzzy, redemoinhos psych, e melodias que se alojam em cada recanto do cérebro.  Com o público na vibe é hora da psicodelia eletrônica exexcutada ao vivo do Tigre Dente de Sabre, sempre acompanhada por projeções que dão o toque final. Depois é a vez do Oxe, uma das bandas expoentes do rock alagoano que propõe uma mistura de riffs de guitarra com percussão.

O tom muda com Slim & Thiago Beats, da própria capital, que surpreendem pelas experiências sonoras que ultrapassam as barreiras do rap, com batidas criadas ao vivo no palco. Do Pará, a última a se apresentar é Madame Saatan, com uma mistura de metal e blues com influências regionais, letras surpreendentes e performance explosiva.

Artes Visuais – projeto Cola Aqui

Ainda teremos a terceira edição do projeto Cola Aqui, uma Expo-Intervenção Internacional de Arte Urbana onde participam artistas que trabalham com stickers, posters ou lambes de diversos formatos e temas. Na sua última edição foram mais de 34 artistas que enviaram seu trabalhos do Brasil, Itália, França, EUA, Canadá, México, Alemanha, República Checa, Espanha e Austrália que marcaram presença entre as diversas artes espalhadas pelo local. Nesta edição, que conta com a co-produção da Fab Aliceda, temos como ideia principal, fechar a cozinha da casa intervindo com os trabalhos para nós.

Com isso tudo de programação fica o chamamento pra que você venha até São Paulo conhecer tudo o que vem acontecendo com essa rede que só tem a aumentar de proporções nos próximos anos. Quer construir tudo isso com a gente? Compareça!

Confira a programação!

11/12 – Domingo
Casa Fora do Eixo SP – 13h
Rua Scuvero, 282 – LiberdadeMadame Saatan (PA)

Cola Aqui! +
Slim & Thiago Beats (SP)
Oxe (AL)
Tigre Dente de Sabre (SP)
Lê Almeida (RJ)
Hierofante Púrpura (SP)
Skrotes & Da Caverna (SC)
Beradelia & In`água (RO)
DJ Luiz Valente (MG)

Festival Fora do Eixo 2011 – Etapa Música

10 dez

Mais de 40 artistas se apresentam em uma semana de shows gratuitos; abertura do festival acontece dia 11, na Casa Fora do Eixo

A música independente é destaque outra vez em São Paulo. Durante oito dias – de 11 a 18 de dezembro – e com entrada gratuita, a terceira edição do Festival Fora do Eixo promove 42 atrações musicais e espalha-se em diversos palcos da cidade. Confira a programação completa.

São sete casas noturnas que abrigam o rap, a música instrumental, o rock, reggae, entre outros estilos representados através de bandas de 12 estados brasileiros. Entre elas, Cérebro Eletrônico, Macaco Bong, Pública, Loungetude 46, Aeromoças e Tenistas Russas, além de DJs como Barata (Criolina), DJ Haru e DJ Mok. As apresentações ocorrem na Casa Fora do Eixo, Studio SP Vila Madalena e Augusta, Grazie a Dio, Paço das Artes (USP), Centro Cultural Rio Verde e Urucum.

Composto por duas mulheres, uma brasileira e uma espanhola, a banda mistura flamenco com samba; dia 12, no Stúdio Vila

Sobre o Festival

O Festival Fora do Eixo é uma ação do Circuito Fora do Eixo. Projeto realizado com o apoio do Governo de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura, Programa de Ação Cultural 2010. Conta também com o do Auditório Ibirapuera/Itaú Cultural e Paço das Artes, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, localizado na Cidade Universitária. Tem parceria com Studio SP, Casa da Cultura Digital, Banco União Sampaio, Agência Solano Trindade, CUFA, Ser Urbano, Laboratório Fantasma, Cena Produções, Casas Associadas, Abrafin, Rede Música Brasil, Revista Noize e Toque no Brasil.

Em junho, ocorreu a etapa do Palco Fora do Eixo do Festival Fora do Eixo SP, com foco na linguagem das artes cênicas em geral. As duas edições anteriores foram realizadas em São Paulo em 2007 e 2010. Este ano, além da capital paulista, Belo Horizonte, Goiânia e Rio de Janeiro realizaram o Festival Fora do Eixo.

Serviço:

Festival Fora do Eixo 2011
Casa Fora do Eixo São Paulo, Centro Cultural Rio Verde, Grazie a Dio, Espaço Urucum, Paço das Artes, Studio SP (Augusta e Vila Mariana)
Dias 11 à 18/12
Entradas gratuitas

Fotos: 4° dia do Festival FdE SP – Etapa Palco

28 jun


A programação envolveu a ação Cabaré, do Palco Fora do Eixo, com intervenções teatrais, shows e projeções. Confira todas as fotos.

Entrevista sobre espetáculo “Quando Fecho os Olhos”

27 jun

Realizada após a apresentação do espetáculo “Quando Fecho os Olhos”, do Macondo Coletivo, no Festival Fora do Eixo SP – Etapa Palco, a entrevista conta um pouco sobre a peça de artes integradas e a representatividade de trazê-la à São Paulo. Confira:

Como foi o último dia do Festival FdE SP – Etapa Palco

27 jun

Domingo, dia frio e chuvoso em São Paulo. Mesmo assim, rola um churrascão na Casa Fora do Eixo. No cardápio de atrações, várias bandas, #CompactoARTE, projeções e uma novidade: programação de artes cênicas na sala da frente da casa! Essa edição do #DomingonaCasa foi especia com a realização do Cabaré Fora do Eixo, com a participação de artistas do Palco Fora do Eixo. Entre uma banda, as apresentações alternavam entre circo, teatro e dança.

Com a movimentação de vários artistas para compor a programação do dia, tivemos uma mistura de teatro, circo, dança, música e artes visuais. Uma das atividades que rolou hoje, desde o começo da tarde, foi a sétima edição do #CompactoARTE na @casaforadoeixo. Já a primeira banda que entrou foi Juca Culatra e o Power Trio, com o som auto astral total. Na sequência, os cuiabanos da Rhox já avisaram o público que o dia iria ter uma proposta de andar pela casa.

A primeira atração cênica da tarde foi apresentada pela palhaça Furabolo, que chegou chegando. Olhou para o publico e mandou ver. Estava muito feliz, mas foi surpreendida pela triste notícia de que foi deixada pelo seu amor…ser arrasada por um bilhete que, displicentemente, a informava do término de seu relacionamento. Oh, que pena! Mas, a vida continua… ela dá a volta por cima e encerra a cena com uma super coreografia de dança do ventre!

Enquanto o show Paraense, da Gangue do Eletro, começava lá no Pub, o grupo Santa Víscera se preparava para apresentar seu carro chefe: Teatro a La Carte! Que cena você gostaria de assistir? O projeto coloca pequenos trechos de peças dramatúrgicas conhecidas em um verdadeiro Menu, e o espectador escolhe o que vai assistir. Como o tempo para a atividade devia ser dividido com as outras atrações do domingo, o Santa Víscera selecionou quatro cenas para apresentar ao público da casa, dando um gostinho de quero mais ao Teatro a la Carte!

Logo depois do NPT Santa Víscera, voltamos ao Pub com shows de La Madre Del Borrego(ARG), Iara Rennó, Linha Dura, Gabi Amaranthos e Dj Waldo Squash sem serem anunciadas ou inicialmente percebidas, três garotas começaram a bailar, cada qual à sua maneira, no meio do público presente.

Eram as meninas da Cia. Caipira, de Araraquara, em sua “versão metropolitana”, como disse Moema Guimarães, a diretora do grupo, realizando a performance-intervenção “Estudo para dia sem sapatilha” na programação do Cabaré Fora do Eixo. As intérpretes surgiram aos poucos portando fones de ouvido e mochilas nas costas. O público começou a se aperceber quando os movimentos se tornaram maiores, expansivos, e quando notaram que não era apenas uma menina maluca dançando fora do ritmo do som que rolava nas caixas da festa, e sim três.

Quando os espectadores se deram conta de que poderia ser algo combinado entre elas, abriram espaço para as moças, ao passo que elas iam escolhendo algumas pessoas, ofereciam-lhes os fones de ouvido e dançavam, exclusivamente, ao ritmo da música que só aquele escolhido podia escutar.

A apresentação ia se desenrolando em meio a comentários do público, que diziam “Nossa, eu acho que elas combinaram né?! Elas devem ser dançarinas…” ; “Muito legal! Só ouvindo o MP3 e com a mochilinha nas costas, fazendo todas essas coisas doidas.”, e assim por diante. Até que a galera se entrosou e entrou no ritmo, com ou sem os foninhos no ouvido, pra fazer o que tinha vontade.

Um dia digno de encerramento de festival. Depois de três dias de #FestivalFdE, um encerramento planejado para amarrar a programação num diálogo forte de integração das artes. Apesar da chuva e do dia frio, o #DomingonaCasa proporcionou muita coisa boa, animação e cultura ocupando diferentes espaços e dialogando com diferentes públicos e linguagens.

Cabaré FdE integra várias artes no #DomingoNaCasa durante Festival FdE SP

26 jun

Um trabalho que envolve diferentes manifestações artísticas, o projeto Cabaré Fora do Eixo garante uma mistura rica que une teatro, circo, dança, cinema, artes plásticas, música, dentro outras ações. Durante o Festival Fora do Eixo SP – Etapa Palco, o projeto será realizado dia 26 de junho, a partir das 15 horas, no Domingo Na Casa, evento que acontece na Casa Fora do Eixo São Paulo todos os domingos.

Serviço
Cabaré Fora do Eixo
Data: 26/06/2011
Horário: A partir das 15h
Local: Casa Fora do Eixo SP – Rua Scuvero, 282, Liberdade
Entrada: Nome na lista enviado para o email contato@foradoeixo.org.br